Sporting... sempre!

Esforço, dedicação, devoção e glória!

Thursday, September 30, 2004

.

Chelsea 3 – 1 FCPorto


O campeão europeu perdeu frente ao Chelsea, quase 1 ano depois da última derrota, frente ao galáctico Real Madrid.
E perdeu bem. Aliás, pode dar-se por contante com o resultado.
A defesa do FCPorto foi uma anedota todo o jogo, em especial nas bolas paradas, mas com os 4 defesas que estiveram em campo, não seria de esperar outra coisa.
Aliada a uma defesa permeável e desconcentrada, aparece um meio campo com Costinha e Maniche desmotivados e resmungões, e com dois fantasistas a espaços (Diego e Quaresma) que encantam com a bola nos pés, mas nada ou muito pouco fazem para a recuperar.
E depois Derlei nem se reconhece...

Tudo somado só poderia dar descalabro. Mas até nem deu, pois perder 3 -1 em Londres não é nem deverá ser vergonha nenhuma!

Mas pergunto eu: Rossato e Pedro Mendes não teriam espaço nesta equipa? E Dimitri?

E o que dizer da época de Baía, que voltou a adormecer no golo de Drogba?

O árbitro não esteve mal, mas mesmo assim foi assinalado um fora de jogo incorrectamente a Drogba no último minuto da primeira parte... o que faz com que nem de desculpa possa servir.

Mesmo assim o FCPorto é superior ao CSKA e ao PSG, e tem portanto todas as condições para passar à segunda fase.

Wednesday, September 29, 2004

.
Jornada europeia


Aproveito aqui o espaço para desejar boa sorte a todos os clubes portugueses na sua participação em mais uma semana de competições na Uefa.
Mais importante que as vitórias finais, e possíveis apuramentos, é preciso honrar as respectivas camisolas, e ter um comportamento disciplinar que não depaupere ainda mais a imagem que muitos têm lá fora do nosso futebol. Se no final todos se apurarem, melhor ainda!

Honestamente penso que as perspectivas globais para a semana não serão as melhores. Não vejo o FCPorto actual com capacidade para se bater de igual para igual com o Chelsea, embora uma surpresa não me espantasse (o jogo passará essencialmente pela capacidade defensiva dos azuis e brancos!). Já na Uefa, o Benfica vai cumprir calendário, enquanto o Sporting não deverá ter dificuldades de maior contra um Rapid que se jogar o pouco que mostrou em Alvalade, não deverá importunar os leões.
Na Madeira o Nacional poderá lutar pela vitória no jogo, mas só numa noite inspiradíssima conseguirá o apuramento. O vizinhos do Caldeirão, o Marítimo, terá na Escócia oportunidade de ouro para atingirem a fase de grupos, num jogo em que será importantíssimo marcar um golo.
Aqui em Braga, o ‘Braguinha’ tem todo o potencial para levar de vencida o Hearts, mas recuperar de um 3-1 será complicado, embora uma equipa consistente a defender possa trazer uma alegria à cidade.

Tuesday, September 28, 2004

.
E o golo fora de jogo?


No rescaldo de mais uma natural jornada polémica, muito se disse e escreveu sobre as arbitragens e a possível influência destas nos resultados das partidas.

Uma das melhores coisas que ouvi foi relativizarem o comportamento intimidatório de toda a equipa portista, justificando-o com mil e uma desculpas, potenciando a influência de um auxiliar de João Ferreira que invalidou incorrectamente uma jogada em que João Tomás acabou por fazer golo.

Não está aqui em causa o erro do auxiliar. Foi mal anulado o lance, pese embora João Tomás tenha iontroduzido a bola na baliza, já quase sem oposição de Moreira, que depois de ouvir o apito já quase não esboçou a defesa. Podia ter sido golo, e podia não ter sido, mas o mais importante a analisar é o facto de ter sido um lance rápido, muito rápido, e onde o jogador bracarense parte de uma posição no limite para o fora de jogo.
Embora seja sempre arrojado desculpar um erro, este foi um erro que se ‘aceita’! Aliás, comparar este erro ao inenarrável erro de Xistra, ao anular um golo ao Marítimo em Alvalade há 8 dias, é pura brincadeira...

Já o que se passou em Guimarães é um puro exemplo de terceiro mundismo, espelho do caminho que declarações semanais como as de Pinto da Costa, José Veiga e Dias da Cunha trilham para o futebol português.

Nem a pedido, todos teremos a oportunidade de ver como as queixas do FCPorto para tudo o que veste de preto e mexe, vão mudar. Quarta-feira há jogo em Stamford Bridge, e veremos se Jorge Costa insulta o árbitro durante os 90 min e se o acompanha no regresso aos balneários, sempre em clima intimidatório, ou se acatará as decisões deste com o rabinho entre as pernas, tão ao jeito dos portugueses por esse mundo fora...
Quarta-feira, 19.45h, no Canal1.

Monday, September 27, 2004

.


Jornada 4


Mais uma jornada, mais uma peça de roupa que cai do corpo do Rei.
Gostar de futebol é mesmo muito difícil. A não ser que se seja um ignorante estúpido, como faço questão de ser todos os fins de semana, e aí já tudo faz sentido...



Vitória SC 0 – 1 FCPorto

O FCPorto tem claramente melhor futebol que o Vitória. Isso não suscita dúvidas.
No sábado isso ficou claramente comprovado. O FCPorto foi melhor, jogou mais, melhor que nos seus últimos jogos, e a vitória, pelo que foi possível e permitido, foi natural.
Chegou tarde o golo de Costinha, mas foi apenas o corolário de uma vitória natural pelo que se viu em todo o encontro.

Associado ao jogo tivemos uma actuação de Duarte Gomes notável.
É verdade que anulou dois golos ao FCPorto (alguém que explique a Pinto da Costa porque terão eles sido anulados, porque eu já não tenho paciência para os disparates desse senhor...), é verdade que não viu a agressão de Jorge Costa a Marco Ferreira (que há 1 mês era seu colega de balneário...), mas eu gostava de saber como justificaria Duarte Gomes os protestos de toda a equipa do FCPorto (encabeçada pelo capitão Jorge Costa!), durante todo o jogo, incluindo o caminho para os balneários ao intervalo?!? Quantos amarelos foram mostrados? Quantos? Nenhum? Mesmo nenhum? Hummm...
O futebol português corre para o Terceiro Mundo a passos larguíssimos.
E não será preciso muito para lembrar que Liedson foi expulso com dois amarelos há 1 semana por abrir os braços e protestar após cometer uma falta e depois por pretensamente ter caído ao ser derrubado!

O grande problema é andarmos há anos a chamar ‘Sistema’ a casos de corrupção, e tráfico de influências na arbitragem e no dirigismo nacional.



SLBenfica 0 - 0 SCBraga

Mais um jogo pobre dos encarnados (também devem andar a ver jogos do Sporting...).
Depois de ver o jogo, dá-me vontade de rir que muitos benfiquistas possam pensar que o Benfica possa ficar à frente do FCPorto no campeonato! Só mesmo de brincadeira. Mesmo assim, para já, têm futebol que chegue para vencerem o campeonato da segunda circular... para já!

Curioso o facto de Petit estar claramente deslocado na equipa que serve no nosso país. Este arruaceiro também deveria jogar no FCPorto.
É preciso ter lata para se queixar de uma tentativa de cotovelada por parte de Jaime, depois de lhe ter feito uma falta, e 5 minutos depois ter uma entrada assassina a pés juntos sobre Abel! É preciso ter lata.
E o fiscal de linha errou mesmo ao assinalar fora de jogo a Tomás, no lance em que a bola acabou nas malhas... E na segunda parte voltou a errar, com os mesmos protagonistas...
Pareceu-me um empate justo, com um 0 – 0 a condizer.


Rio Ave 0 – 0 SortingCP

A continuar a melhorar assim a este ritmo, teremos bom futebol no Sporting lá para Maio! A correr bem.
A equipa já esteve melhor defensivamente (excepto nos primeiros 15min!), mas continua a ser pouco pressionante, complicativa a sair em contra-ataque, e essencialmente muito lenta a jogar.
Quero resalvar a boa exibição de Pinilla, que merecia um golo pela boa exibição que protagonizou. Para mim foi de longe o melhor e talvez até o mais esforçado!

Deixo um sorriso ao lance em que o já nosso famoso Lucílio Batista (este também deve ser sportinguista de pequenino...) considerou normal um defesa vilacondense agarrar, como se a sua vida dependesse disso, Pedro Barbosa! Estavam decorridos 63min... e quem sabe o Sporting até teria conseguido marcar... quem sabe!


P.S. – Será normal um adepto do Sporting ter que ouvir num jogo da sua equipa um comentador da SporTV, pago pelo bolso de todos, mentalmente deficitário, lançar impropérios a cada minuto que passa?
Será nomal ouvir dizer Vitor Manuel aos 3 minutos de jogo, com o Sporting a jogar com os mesmos 4 jogadores de meio-campo que tem utilizado, que Peseiro ajustou a equipa ao Rio Ave?!? E quem é que é responsável pela atribuição destes tachos a estes idiotas? Não há paciência...

Saturday, September 25, 2004

.
Macaquinhos de imitação


O FCPorto poderá hoje, em Guimarães, continuar a farsa de futebol com que nos tem brindado esta época.

Falam os mais próximos que as exibições dos dragões são fruto da insistência de Pinto da Costa em tonar o campeonato mais competitivo.
O líder portista terá mesmo exigido a Fernandez que este cometa erros tácticos, de análise e essencialmente substituições disparatadas. Obriga o espanhol a fazer rotatividade no plantel, e a dar lugar a Hugo Leal pelo menos uma vez por mês.
Segundo as últimas informações chegadas de Cerveira (bem no Norte, carago!), Pinto da Costa só dará ordens para soltar o barco depois de algum clube estar a mais de 10 pontos.

Mas há uma regra de ouro que Pinto da Costa não dispensa para que a equipa se se consiga apresentar de forma sofrível – todas as semanas é expressamente obrigatório ver os jogos do Sporting!

Aliás, Baía, para não ter desculpas, até tem que ver 2 ou 3 da última época!



E não é que tem dado resultado!!?!?

Friday, September 24, 2004

.
O FCPorto e o Sporting têm os mesmos problemas?


Depois de 3ª e 4ª feira a imprensa ter batido forte em tudo o que dizia respeito ao Sporting, eis que o resultado do FCPorto – ULeiria trouxe um novo balão de oxigénio aos leões.
Afinal, o campeão europeu também está em crise. O fortíssimo FCPorto também tem 3 pontos, e alguns já pensam que o que se deve estranhar são os 9 pontos do Benfica.

Ora bem, não foram poucos os que na 5ªfeira, logo de manhãzinha, para não perderem tempo, rapidamente colaram o FCPorto ao Sporting.
A maleita, para muitos, é a mesma.
Eu discordo. Discordo veemente.
Os dois têm os seus problemas, mas os problemas são bem diferentes, eu diria incomparáveis.

O Sporting tem ‘o melhor plantel de Portugal’ de valor duvidoso.

Qualquer sportinguista honesto e conscencioso sabe que o Sporting não tem mais do que meia dúzia de jogadores acima da média. Ricardo, Beto, Polga, Rochemback, Viana e Liedson são, de facto, jogadores claramente acima da média, podendo estar em melhor ou pior forma, lesionados ou não.

A juntar a estes o Sporting tem mais 3 jogadores, fundamentais ao nível de balneáreo, que já deram muito ao Sporting e a Portugal, mas que já não têm muita idade para estas andanças (PBarbosa, RJorge e Sá Pinto...).

Os restantes jogadores repartem-se entre jovens promessas à procura do seu espaço (Paíto, Custódio, Martins, PSérgio...) e jogadores medianos. Sobrarão 2 ou 3 jogadores que poderão ainda confirmar algumas esperanças depositadas neles, mas tenho as minhas dúvidas (Niculae, Douala, Rogério, Pinilla...).

A juntar a tudo isto o Sporting não tem uma liderança forte na direcção. Os sócios são impacientes e gerem a questão do treinador de forma demasiado emocional.
Nunca se ouviu da boca de um adepto uma expressão tipo ‘Confio no Presidente para saber se o treinador deve ou nã continuar!’. Peseiro, sempre que não ganhar terá o lugar em risco. Aconteceu com Inácio, com Boloni e será sempre assim.

O problema do Sporting é sério, e só se resolverá a partir de vitórias e nunca o contrário.

Os problemas do FCPorto nada têm a ver com isto.

O Fcporto pode queixar-se de um pretenso erro de casting da SAD, Del Neri, e de uma consequente má preparação da pré-época.
Pode queixar-se de Fernandez não conhecer tão bem os jogadores como conheceria com mais dois meses, mas tudo isto é o reflexo de terem escolhido um treinador à experiência!

Mas ninguém se pode esquecer que o plantel portista é dos melhores já visto em Portugal, pelo menos em nomes.
Há mais de 15 anos que Portugal não atrai nomes tão sonantes do futebol brasileiro. Diego e Fabiano são meritórios herdeiros dos caminhos traçados por Ricardo, Mozer, Aldair, Branco, Silas e Valdo!

A juntar a estes o FCPorto tem alguns dos melhores portugueses da actualidade, como Nvalente, Costinha, Maniche, Quaresma ou Postiga, e bons jogadores de nível mundial, como Giourkas, Derlei ou McCarthy. Tem um plantel equilibrado, experiente e jovem, e com muitas soluções.

Tem uma liderança forte em campo (JCosta, Baía e Costinha...) e mais forte ainda na direcção, onde Pinto da Costa vai morrer dono e senhor!

O grande problema do FCPorto está primeiro nas expectativas altíssimas que Mourinho deixou, em segundo no fantasma do próprio Mourinho (a meu ver insubstituivel), e finalmente num treinador que não tem as características mais adequadas!
Atrevo-me mesmo a dizer que tenho dúvidas se a emenda (Fernandez) não terá sido pior que o soneto (Del Neri), mas a verdade é que Camacho está já aí...


Parece-me assim muito esquisito que os jornaleiros do país tanto queriam colar Sporting e FCPorto.


Monday, September 20, 2004

.

8 anos!


Xistra é um bom árbitro, diz a crítica... esse é o grande problema, digo eu!

Por muito que isto se assemelhe a um dejá vu, devo recordar que os mais polémicos jogos da época passada foram o Moreirense – Sporting, o Marítimo – Sporting e o Boavista - Sporting. Dois no início do campeonato (5ª e 7ª jornadas). Nos dois o Sporting perdeu. Nos dois os árbitros também eram bons. Nos dois o Sporting perdeu 6 pontos. Quando jogou frente ao melhor FCPorto que me recordo (o de Mourinho), o Sporting estava a 5 enormes pontos...

Hoje o árbitro deu vontade de rir. Para a semana vai apitar a II Liga de ‘castigo’ e só voltará para se redimir com uma boa arbitragem lá para a 7 ou 8 jornada, num joguito do Benfica. Ou não...

Sobre o jogo de hoje vou fazer de conta que tenho 8 anos, que continuo a acreditar no futebol, e que tudo se resolve dentro das quatro linhas...

Porque terá o árbitro mostrado um amarelo ao guardião do Marítimo aos 80 minutos, se este teve uma atitude passiva em todo o jogo?

Porque terá o árbitro mostrado um amarelo a Manduca por chutar a bola, se este já o tinha feito antes 3 vezes e nada aconteceu?

Porque viu Liedson só um amarelo se ousou questionar uma falta (clara!) sansionada pelo árbitro?

Porque mostrou o árbitro uma amarelo a Tonel por falta cometida, quando já tinha agredido 3 vezes adversários, e em nenhuma das ocasiões foi sequer falta?

Porque terá o árbitro anulado um golo ao Marítimo quando o jogador que introduziu a bola na baliza esteve 40 metros sempre atrás de Polga?!?

Terá o árbitro pensado em Mourinho quando expulsou Liedson? Ou foi porque o livre seria perigoso? Ou tão somente porque Liedson nem sequer protestou o lance?

O que acontecerá a este árbitro? O mesmo que a Paraty, ou seja, na próxima época vai apitar a inauguração do Dragão, e depois apita a primeira jornada em Alvalade?

E porque continuam os dirigentes do Sporting a ficar calados? E porque pedem para não assobiar a equipa? E para que é que contratam jogadores, se já sabem à partida que não podem ganhar? E porque iludem jovens inocentes como Peseiro?



Se o meu pai gostasse de futebol dir-me-ia – Ó filho, isso são tudo coincidências!


P.S. - O Sporting continua a jogar de forma sofrível, e como é a subir, nenhum santo ajuda...

Sunday, September 19, 2004

.

FCPorto 2 -2 Estoril



Segundo jogo, segundo empate, e dois pontos em dois jogos! Isto se pensarmos só em campeonato, porque se formos buscar a Supertaça e a Champions...

O FCPorto está mal, mas pior que isso, está na mesma, se virmos a equipa desde o início da era Fernandez!

Se Pedroto fosse vivo, estaria reeditado o ditado da escola de samba! Assim o FCPorto tem o melhor plantel de sempre (Mourinho dixit), e vai sujeitar-se a ganhar bem menos que nas épocas transactas.

E o golo de Pinheiro foi estrondoso, conseguido a 35 metros, e para o lado do GR... eu conheço uma baliza onde este golo teria cheiro a churrasco!





P.S.- Por motivos de saúde, do computador, a semana Uefeira será tratada lá para 3ª ou 4ªfeira...

Monday, September 13, 2004

.
O momento da semana


Depois de há 15 dias o Sporting ter homenageado os seus 4 atletas medalhados olímpicos, inclusive com os dois portugueses em campo, o Benfica homenageou Sérgio Paulinho, atleta da… LAPecol, recentemente transferido para… Espanha!
Pelos vistos o atleta é adepto do Benfica. Tal como Rui Silva que ganhou o bronze nos 1500 metros…

Pelo sim pelo não a águia Vitória mostrou o seu descontentamento por mais uma pata na poça… à Benfica!


P.S. – Porque razão não teve Moreira direito a homenagem, ele que ficou em 12º lugar, mas que até atleta do… Benfica!?!?!

.
A arbitragem na Jornada 2


Após uma primeira jornada mais ou menos calma, voltamos a ter árbitros como protagonistas em alguns jogos.

Sobre a arbitragem de Nuno Almeida nada vou dizer porque a gritante dualidade de critérios no jogo (nem se consegue perceber quem sai mais prejudicado!) fala por si.

No Braga – Porto ficou por marcar um penalty sobre Paulo Sérgio momentos antes da penalidade marcada (a rapidez deste penalty terá sido ajudada pela dúvida do anterior…). Quaresma derruba claramente Luiz, e na minha opinião dentro da área. A própria reacção de Quaresma ajuda a perceber isso mesmo.
Mais tarde fica por marcar clara falta por mão na bola (dá-me vontade de rir ouvir dizer que poderá ter sido bola na mão!), mas, embora a repetição não seja concludente, o facto de se ver o pé do jogador bracarense a uns centímetros da linha de área, e de o braço estar esticado, leva a concluir que a mão na bola foi mesmo fora de área, não obstante, ficou por marcar um livre perigoso.
No capítulo disciplinar, Jorge Costa só reclamou com a arbitragem umas 17 vezes, facto que ‘quase’ lhe valeu um amarelo! Já Pepe, que o fez talvez menos de metade das vezes acabou, coitado, por ver o amarelo! Deve ser o peso da experiência…
E Carlos Alberto voltou a encher o campo de simulações e contactos provocados por ele próprio… que no futuro só o prejudicarão a ele próprio.

No Setúbal – Sporting o penalty assinalado é o momento do jogo! E honestamente até penso que o árbitro ajuizou bem o lance. É verdade que Meyong fez muito espalhafato, mas houve contacto, provocado por Hugo, e o sadino apenas aproveitou a displicência de Hugo. Mas para fazer valer a sua decisão, Olegário deveria ter mantido o critério… e não o fez! Teve oportunidade de o voltar a fazer para os dois lados, de novo dentro da área e até fora dela (no lance em que Hugo joga a bola com a mão é claramente empurrado por Hugo Alcântara…), mas perdeu nos critérios.
Depois houve uma entrada muito feia de Manuel José sobre Paíto, mas o árbitro optou por não expulsar com o jogo já decidido.
Mesmo assim penso que a vitória não deve ser posta em causa e até considero Olegário um bom árbitro, em noite que poderia ter sido mais feliz…

.
VitóriaFC 2 – 0 SportingCP


O Vitória de Setúbal venceu justamente, com um resultado a condizer.
Já o Sporting falhou claramente este primeiro teste de maior dificuldade.
A boa forma do Setúbal não pode nem deve servir de desculpa para uma exibição muito fraca, e cheia de equívocos dos jogadores leoninos.
O Setúbal foi sempre superior até à entrada de Custódio, fruto essencialmente do mau posicionamento de Tinga que isolou Rogério no meio-campo.
A partir da entrada de Custódio o Sporting equilibrou e teve no final da primeira parte os seus únicos e poucos momentos de perigo.
Na segunda parte o Sporting começou melhor, até aparecer o penalty que mudou o rumo do jogo. A partir daí o Sporting desorganizou-se inexplicavelmente, e o Setúbal materializou em contra ataque a sua superioridade em todo o terreno. O 2-0 selou o jogo.
Do lado do Sporting voltou a ficar patente que é questionável a utilização de Miguel Garcia na ala direita da defesa, e a de PBarbosa, que continua a jogar visivelmente em má forma física, enquanto Carlos Martins e Danny continuam sem jogar.
Já entre Pinilla e Niculae, as diferenças são poucas…

Uma palavra também de apreço ao Setúbal, que na minha opinião acabará o campeonato a lutar para não descer, que fez uma óptima exibição, ganhando com todo o mérito, e jogando muito bem em contra ataque.

.
SLBenfica 2 – 0 Moreirense


Honestamente não vi o jogo, e nem sequer tive oportunidade de ver o resumo televisivo.
A crítica foi dizendo que a equipa venceu sem convencer, mas aqui fica uma oportunidade para os leitores comentarem esta exibição do Benfica, a primeira perante o seu público esta época.

.
SCBraga 1 -1 FCPorto


O campeão em título começou mal o campeonato.
É verdade que o adversário era de respeito (quiçá o maior candidato ao 4º lugar…) e até jogava em casa, mas a desilusão, que penso que é partilhada por todos os adeptos, deve-se essencialmente ao que o FCPorto não fez, mais até por comparação às habituais exibições das duas últimas épocas.
Numa equipa com um meio-campo recheado de artistas (Costinha e Maniche jogam talvez demasiado sós!), a magia no Municipal de Braga foi muito pouca.
Diego está, para já, tão próximo de Deco, como o Penafiel está do Setúbal na classificação, e Quaresma continua a alternar as belas exibições e os belos pormenores, com totais alheamentos do jogo.
A frente de ataque foi entregue a McCarthy, mas por muito pouco tempo, a avaliar pelo sub-rendimento do sul-africano, e pela chegada da estrela Fabiano.
No sistema utilizado a grande dúvida será onde poderá jogar Postiga, uma vez que Derlei e a sua combatividade fazem muita falta a este FCPorto. Também Carlos Alberto e os seus mergulhos não deverão ser muito vistos, pois não estou a ver lugar para o brasileiro.

Mesmo assim o grande problema do FCPorto foi ter jogado pouco como equipa, ter jogado pouco unido, e a espaços a revelar uma descrença curiosa. Fernandez ajudou à festa, fazendo 3 substituições de jogador por jogador, não arriscando um milímetro a perder o empate…
As palavras de Costinha no final do jogo poderão ser o sintoma de que tecnicistas como Diego, Quaresma, Carlos Alberto e Fabiano terão que arrepiar caminho para conquistarem o ‘balneário’…

Uma palavra de apreço para o Braga que esteve à altura dos acontecimentos, pese embora tenha falhado um pouco no momento da finalização. Mesmo assim a equipa está no bom caminho, e Vandinho pode muito bem ser uma das alegres surpresas da SuperLiga…

Pareceu-me um resultado justo.

Friday, September 10, 2004

.


Portugal 4 – 0 Estónia


Ronaldodependência?

Sinceramente não me parece que esta selecção já dependa daquele que, com quase toda a certeza, será a estrela maior desta selecção na próxima década.
É um facto que Ronaldo foi a figura da equipa nestes dois últimos jogos, mas a meu ver isto ficou-se a dever a vários aspectos que serão apenas característicos destes jogos.

Em primeiro lugar os jogos foram simples, mesmo que não se tenha jogado muito. Ora em jogos contra equipas fraquinhas, não é de esperar que os jogadores decisivos sejam Ricardo, PFerreira, RCarvalho, JAndrade ou NValente... é de esperar que a selecção valha por Deco, Maniche, Simão, Pauleta, Ronaldo e afins...
Ora é aqui que Ronaldo leva vantagem, uma vez que quase todos os outros estão longe da melhor forma, e por isso as diferenças de rendimento são notórias!
Mas não se pode falar de Ronaldodependência de uma equipa que possui grandes jogadores como por exemplo Deco, Costinha, RCarvalho ou Miguel...

Não gosto de evidenciar repetidamente os jogadores pelas más exibições, mas Pauleta tira qualquer adepto do sério!!! Para quando Postiga ou Nuno Gomes de início? Ou outro qualquer que se mexa... poupem Pauleta ao sacrifício de se arrastar pelo relvado... mesmo que isso ajude o grupo e o balneário.

Ou muito me engano ou Quaresma, Postiga, Viana e Tiago não demorarão muito a ser fundamentais nesta selecção. Oxalá.

Wednesday, September 08, 2004

.

A nossa selecção


Ainda mal refeitos da semi-desilusão que foi a derrota na final do Euro, os adeptos já têm as habituais patacuadas anti-selecção para se divertirem sem ter que discutir o 11 de Scolari, os que jogam e os que deveriam jogar, os que deveriam ter sido convocados e não foram e os que deverão sê-lo no futuro.

O tema Baía parece esquecido (talvez já se tenham apercebido que com este sargentão, nem água mole a bater a fio o furará...), pelo menos até novo golo consentido de Ricardo, na selecção ou no Sporting, e portanto há que guinar à esquerda e arranjar novo assunto...

Considero Madaíl o maior cancro do futebol português no activo.

E concordo perfeitamente com o ponto de vista do FCPorto e do G-14, no aspecto de que as selecções deveriam suportar salários e custos dos jogadores envolvidos nas mesmas, e ainda mais os seguros relativos a possíveis lesões dos mesmos jogadores.

Aliás, concordo a 100%.

Agora não confundo estas situações lógicas, às quais a FPF e suas congéneres procuram naturalmente fugir, com o estado de espírito que a SAD azul e branca congratula continuadamente seleccionador e restante federação.

Mais uma vez se percebe que a selecção é sempre presa por ter cão e por não ter.
Ou Scolari não convoca os jogadores (Baía, Maniche...), ou os convoca e depois não os põe a jogar (RCarvalho, Deco...) ou os põe a jogar quando o FCPorto precisa deles para jogos importantes, ou pior que isso, lhe lesiona os jogadores e os retém exageradamente e até quando estão castigados!
Ao FCPorto acontece de tudo.
A solução passa por questionar sempre a SAD portista sobre quem deve ser seleccionado, quando deve ser seleccionado, para que selecção deve ser seleccionado, e quanto tempo deve jogar!

Por fim deixo uma palavra a Agostinho Oliveira e à sua opção em manter Quaresma na selecção: Dificilmente uma outra opção beneficiaria tanto Quaresma, e o próprio grupo, de quem Quaresma é o líder (natural) e a estrela-maior!

Pena que nem todos deixem de olhar apenas para o seu umbigo...

Tuesday, September 07, 2004

.

Rui Costa na Luz!


Luis Filipe Vieira prometeu, e cumpriu!

Não se sabe se teve de recorrer ao amiguinho Leal da Liga ou afins, mas a verdade é que finalmente os benfiquistas vão poder rever Rui Costa na Luz já este sábado!

Pedro Proença estará no SCBraga-FCPorto e Olegário Benquerença no VitóriaFC-SportingCP...

.

Do Céu à Terra são uns metros...


Mourinho foi nestes dois últimos anos um excelente treinador no FCPorto. À imagem do presidente Jorge Nuno, Mourinho defendeu sempre a sua dama com tudo o que tinha à mão.

Muitos dos sportinguistas e benfiquistas não gostaram, nem gostam, do estilo Mourinho, mas duvido que muitos desdenhem o sucesso que obteve nas Antas, em especial os benfiquistas que tiveram lá o artista e o deixar fugir para Leiria...

Até Luís Duque deve ter suores frios ao pensar que não avançou para Mourinho...

Mas poucas semanas depois de dois anos de história dourada em tons de azul (atrevo-me a dizer que em termos europeus, o FCPorto precisará de muitos e muitos anos para voltar a conseguir o mesmo...), Mourinho já é um vilão.

Mourinho passou rapidamente a ser um engatatão (há quem até se lembre dos seus encantos aquando tradutor em Alvalade!), que desrespeitou a ‘honra’ de um idóneo Super-Dragão, e terá ‘coagido’ uma puritana Super-Dragona...

Foi ameaçado de morte (coisa pouca...) e consequentemente afastado de comemorar livremente a conquista do seu maior título ao serviço do FCPorto.

No meio de tudo isto Mourinho deixou de contar com o apoio de Jorge Nuno, e teve inclusive de ouvir da boca de um dos líderes dos Super que estes deixaram de entoar o seu nome porque acreditavam que Mourinho não respeitou o clube ao rasgar a camisola de Rui Jorge, e que ainda para mais pediu para o Presidente o deixar ir para muito longe!

Nunca comunguei, e não comungo, com vários aspectos da postura de Mourinho. Acho que o episódio da camisola rasgada foi desprestigiante para ele, tal como o que disse de Liedson no mesmo jogo, e muitas outras observações inoportunas, e vários laivos de arrogância desmedida.

Mas nunca pus em causa a qualidade de Mourinho como treinador. E não será agora que ponho. Para mim, que nunca o coloquei num pedestal, como a quase totalidade dos portistas o fez, é fácil aceitar que o homem pode ter as suas falhas, os seus erros e as suas confusões.

Mas parece-me profundamente despropositado quererem crucificar um homem, excelente treinador, só porque eventualmente trocou umas mensagens com uma qualquer...

Da mesma forma que muitos exageraram no aplauso exacerbado a Mourinho, muitos (quiçá os mesmos) exacerbam agora na crítica.

Pobres de espírito.

Monday, September 06, 2004

.

Minada pelo Topless


Portugal venceu no sábado uma selecção que acabou por ser minada por uma beldade, depois de estar quase 60 minutos a suster as investidas de uma selecção portuguesa claramente melhor.
A Letónia jogou no mesmo estilo do Europeu, embora sem conseguir criar grandes problemas ao último reduto nacional.

Já Portugal, com um 11 a plagiar equipa e táctica do Euro, mostra que dificilmente esta fase de apuramento não será mais do que um descontraído passeio rumo à Alemanha...

Mesmo assim é evidente a forma menos boa de alguns jogadores (Simão, Deco, Pauleta...) e acima de tudo a ideia de que vários jogadores procuram jogar muito sozinhos (chegou a notar-se algum egoísmo lá na frente!), quiçá para justificarem opções e quem sabe substituir a importância de Figo e companhia, agora longe da selecção.

Mas com o tempo, e essencialmente com a melhoria de forma de algumas pedras importantes, a equipa vai melhorar. Jogos acessíveis não lhes faltarão.

Friday, September 03, 2004

.

Má Língua – Parte 1

Li n’O Gil (e já tinha ouvido rumores...) que os Porsches dos Super Dragões são obra de uma chantagem de um dos líderes sobre uma suposta relação suspeita entre Mourinho e uma Super Dragona!
Que me desculpem, mas eu não acredito.
E quando não acredito, digo que não acredito que Mourinho tenha tentado comprar o silêncio dos ‘azeiteiros’ com Cayennes que estão pela hora da morte! Que ele tenha comido, ou tenha sido comido pela Dragona, aí já não ponho a minha mão no fogo... nem por ele nem por ninguém!
Agora eu pergunto – Para quando as fotos da tão badalada Super Dragona?

Má Língua – Parte 2

A imprensa noticiou esta semana que Néné tem um filho transsexual.
Isto cá para nós que ninguém nos lê, o próprio Néné com um cabelinho mais comprido, já dava para duvidar!

Má Língua – Parte 3

Pinilla arrasa corações no Chile. O rapaz não marca golos na baliza, mas na cama farta-se de golear! No Chile há quem jure a pés juntos que se ele marcar no Sporting os golos equivalentes as chicas chilenas que vai assistindo, lá se vai o record de 46 do saudoso Chirola...

Wednesday, September 01, 2004

.

Fabiano... o Homem 33MilMês!



O salário do novo craque do FCPorto vai fazer justiça aos créditos de goleador que traz do Brasil – 33mil/mês, segundo a imprensa desportiva! Feitas as contas, dá só 462mil contos numa época!

Depois de Baía, Seitaridis, Jorge Costa, Nuno Valente, Costinha, Maniche, Quaresma, Diego, Hugo Leal, Postiga, McCarthy e Derlei, eis que se juntou ao plantel mais um jogador que não ganha sequer 10 mil contos por mês.

Segundo Pinto da Costa, tudo a bem de um equilíbrio de salários dentro do plantel! Pois...