Sporting... sempre!

Esforço, dedicação, devoção e glória!

Tuesday, November 30, 2004

.
À campeão


V. Setúbal 0 – 1 FCPorto

Ao contrário do que tinha acontecido frente ao Estoril, ou frente à União, no passado Setembro, ontem o FCPorto conseguiu uma vitória à campeão.
Com muitos lesionados, com castigados, sem jogar muito futebol, com menos 1 durante 50 minutos, e sendo dominado e relativamente pressionado pelo adversário, o FCPorto conseguiu uma vitória por 1-0. São estas vitórias contra as adversidades que fazem um campeão.

O árbitro da partida cometeu um feito notável – expulsou Jorge Costa! Ainda deu mostras de que não o quereria expulsar, poupando-o vários minutos, até que o inevitável aconteceu. É um facto notável, ainda para mais tendo acontecido na primeira parte!
Curioso o facto de nos últimos minutos não ter sido punido disciplinarmente Pepe por agarrar Tábuas numa reposição de contra-ataque, e Maniche por corte propositado com a mão... dois lances demasiado claros para se poder perceber um pouco de arbitragem em Portugal. Terá LFVieira mais um DVD na forja?


Sunday, November 28, 2004

.
Jornada 12


Sem surpresa o Benfica não venceu em Leiria.
Por muito que isso custe, os encarnados sem Petit, Nuno Gomes, Miguel e Luisão, todos jogadores de qualidade indiscutível, é uma equipa vulgar com uma grande estrela – Simão. Hoje nem os livres à entrada da área fizeram a estrela brilhar...
O Benfica pode queixar-se de um penalty(embora estes contactos raramente sejam marcados nas áreas...), mas justificar a derrota com isso só pode ser brincadeira (o que acharam de Argel?). Aliás, não vi ninguém nem nenhum DVD justificar o empate com o Rio Ave com um golo obtido claramente fora-de-jogo por Simão...

Também sem surpresa o Sporting venceu com facilidade o Moreirense. Dois grandes golos, um do mal-amado Pinilla (quantos golos têm no campeonato Derlei, Postiga, Fabiano, Sokota ou Nuno Gomes?), e outro da nova estrela da companhia, o espantoso Carlos Martins! Como está diferente este grande jogador... oxalá não seja Sol de pouca dura...
Já o Moreirense fez jus à posição, acabando por ter o azar de só conseguir marcar num lance inventado por Hélio Santos (até esteve benzinho...), que ainda teve o bónus de oferecer um amarelo a Polga. E Liedson voltou a molhar a sopa...

Realce-se a vitória importantíssima do Vitória de Guimarães, e a confirmação de que o SCBraga é a mais forte equipa dos não-grandes.

Se amanhã o FCPorto não vencer, está criada uma molhada de respeito na frente da SuperLiga!




P.S.- Por questões de trabalho não pode ser feito um comentário à semana europeia. 3 boas vitórias, a do FCPorto difícil mas justa e as outras duas conseguidas contra Dínamos tenrinhos, muito tenrinhos!

Wednesday, November 24, 2004

.
Champions


Joga-se hoje, com neve, cartada decisiva na Champions para o FCPorto.
Não tenho grandes dúvidas que o FCPorto é melhor. O maior problema (para além de Fernandez no banco...) é que há muitos lesionados, a equipa está sobre pressão, vem de um resultado negativo e as condições climatéricas não ajudarão.

Logo mais ao final da tarde veremos se a habitual força do FCPorto, e a entrega dos seus jogadores chegarão para vencer! Se assim não for, pelo menos que se consiga um empate que não apague as hipóteses de chegar à Uefa, onde passaria para natural candidato à vitória final...

E Portugal precisava tanto de um FCPorto à altura...

Tuesday, November 23, 2004

.
À experiência!


Foi este o teor do comunicado da SAD portista há uns 3 mesitos, quando perceberam a alhada em que se meteram ao contratar Luigi Del Neri, que dava mostras de se estar a marimbar para a mística azul e branca, e mais ainda para o todo-poderoso Presidente Jorge Nuno Pinto da Costa.
Para gáudio dos adeptos azuis (como é possível?!?) a SAD saiu-se com a chico-espertice do trabalhador à experiência.
Pelos vistos a experiência vai custar ‘apenas’ 600€ por Del Neri e mais 200€ para o resto dos italianos que este trouxe no bolso...
Só tenho pena é que os jornalistas não perguntem a Pinto da Costa porque ficou tão cara a experiência com ‘Del Vigaro’, e o que acharão os accionistas disto?



P.S. – Na Bolsa de Valores, no segundo mercado, as acções do FCPorto, actual campeão europeu, e bicampeão nacional, valem aproximadamente 2,70€. Nesse mesmo mercado, as acções de um pobre Sporting, que nada ganha há dois anos, e que tem um passivo entusiasmante para os adversários de 420M€, têm o preço de 2,50€ (-8%)... Será coincidência? Ou será só porque os accionistas vêem as entrevistas e comunicados de Pinto da Costa?

.
Ricardo e os outros


Nesta jornada voltou a perceber-se até onde chega o facciosismo das redacções dos jornais portugueses.

Em Aveiro Ricardo sofreu dois golos. Nos dois é evidente a falha da defesa na sua zona central. No primeiro, Polga foi dobrar Rogério, e Enak sozinho na zona central não chegou para 3 aveirenses que entraram muito bem na zona do golo. Era impossível a Ricardo interceptar o cruzamento, ou depois fazer frente a Kingsley.
No segundo golo, após corte deficiente de Rochemback, Barbosa demorou a sair da pequena área e Heitor, sozinho e na cara de Ricardo cabeceou bem e sem hipóteses para Ricardo. Mas mesmo assim todos vieram dizer que Ricardo esteve assim assim... e que nos golos até poderia ter feito mais! E podia – podia ter dado um chuto no rabo do pastelento Barbosa para Heitor ficar fora-de-jogo, ou podia ter marcado individualmente Kingsley por todo o campo evitando assim o 1ºgolo...

Já no jogo das Antas, Baía não fez uma única defesa a registar (acredito que também por culpa do fraco Boavista!). Ao sair da área já na segunda parte, colocou a bola de bandeja em Martelinho, e no golo na fez de especial... todos os jornais deram nota positiva, sem problemas!

No jogo da Luz, Moreira escondeu-se debaixo de Luisão no primeiro golo, logo depois falou a saída em dois cantos quase consecutivos e no 3º golo a bola passou-se por baixo dos pés. O Record premiou a estrela encarnada com nota 7 (1 a 10), na mesma página em que deu 5 ao GR do Rio Ave Mora que não teve culpas em nenhum dos 3 golos sofridos...

Depois há umas bestas jornalistas com dor de cotovelo pela camisola que Ricardo ostenta na selecção, que acham que Ricardo não se deve indignar com os juiízos dos mesmos jornalistas...

E pior. Se Baía já conta para muito pouco, Moreira é um bom GR que poderá ser de excepção no futuro. Moreira deve crescer sem a pressão constante de não poder falhar. Oxalá me engane, mas esta estupidez deste complot, que inevitavelmente arrastará Moreira, serão prejudiciais ao jovem promissor que defende as redes encarnadas, e Moreira não o merece. É o futuro da selecção portuguesa que está em jogo, mas ninguém quer saber...

Sunday, November 21, 2004

.
Jornada 11


FCPorto 0 – 1 Boavista

Primeira derrota do FCPorto no campeonato, primeira no Dragão, e nova exibição descolorida durante o 11 contra 11. Depois viu-se uma equipa esforçada, melhor que o adversário, e traída por ter corajosamente querido vencer.
Curiosamente coincidente com o regresso de Fernandez ao banco (será só coincidência?), o FCPorto esqueceu-se do futebol vistoso que praticou frente ao Sporting e voltou a jogar mal. Muito mal para o plantel que tem.
O Boavista jogou sempre para o empate, jogou durinho, e com a mãozinha de Benny lá conseguiu ganhar...
O momento do jogo foi claramente a agressão do sul-africano. O melhor jogador do Fcporto deixou-se levar pela rigidez adversária, e à segunda tentativa lá conseguiu esmurrar o boavisteiro. Se até aí não se tinham visto oportunidades de golo parte a parte, passar a jogar com 10 foi um convite ao ataque dos axadrezados.
O resultado foi injusto sim senhor, mas são estes resultados do Fcporto que vão mantendo acesa esta pobre SuperLiga, que mais cedo ou mais tarde o FCPorto vencerá. Ou então alguém vai voltar a castigar Fernandez...

Arbitragem
Lucílio Baptista é dos piores árbitros nacionais. Depois de Paixão, e de Paraty (Martins dos Santos morreu!) vem o setubalense!
Ontem voltou a ter uma exibição desastrada (mais uma!) mas esteve longe de prejudicar o FCPorto. Baptista errou várias vezes e quase sempre a favor do FCPorto. Perdoou a expulsão de Derlei por mais de uma vez, e marcou 3 ou 4 faltas aos azuis em toda a segunda parte. E ainda arranjou 2 faltas inexistentes à entrada da área... só faltou Simão para as converter!
Já o fiscal-de-linha da polémica errou 3 vezes. Nas duas primeiras impediu o Boavista de marcar e depois de conseguir um penalty que daria vermelho a Pemanuel, na terceira, em que de facto existiu fora-de-jogo no limite, deixou o jogo correr, e deu no que deu...



Beira-Mar 2 – 2 SportingCP

Triste Sporting este que se diz candidato ao título, e que falha golos descaradamente e não consegue segurar um resultado feito!
Atrevo-me a dizer que um Jardel à moda antiga encaixaria como uma luva neste Sporting criativo destes nossos dias. Criativo e ineficaz.
Este Sporting não mostra estaleca para ser campeão. A equipa está muito melhor que no início da Liga, mas daí a ser candidato vai muita água.
Ontem perderam-se dois pontos de forma infantil, e um campeão não perde pontos desta maneira.
A sorte do Sporting é que o FCPorto vai treinando uma vez por semana e o primeiro lugar só ainda está a 4 pontos...
A equipa ressentiu-se da saída de Carlos Martins (Peseiro não quis tirar Roca...) e o jogo ficou menos fluido. O Sporting não matou o jogo, e depois ficou à mercê de um lance atípico, e ele aconteceu.
O Beira-Mar não mereceu o empate, mas o Sporting mereceu-o por ele e pelos aveirenses...

Arbitragem
A arbitragem foi normalzinha, mas teve um lance polémico. O jogador aveirense sofreu contacto de Polga, mas a fita na queda terá dissipado as dúvidas de Xistra. Mas o contacto existiu...



SLBenfica 3 – 3 Rio Ave

Porque não se joga sempre o jogo pelo jogo na SuperLiga? Bom jogo, sim senhor.
E pelas duas partes, resultado justo. O Benfica foi melhor na primeira parte, e bem mais eficaz e na segunda caiu incrivelmente e foi banhado por um Rio Ave de encher o olho e que não ganhou por muito pouco!
Este Benfica continua a não me convencer (convencerá alguém?), e Simão é bom (gran de escola, sem dúvida!) mas vê-se que sozinho não vai muito longe...
Moreira, Manuel Fernandes e Petit não estiveram mal, mas tudo o resto parecem contratações de Veiga... e Trapattoni fez uma substituição!
Grande joga do Rio Ave e grande exibição de... Carlos Brito, claramente a precisar de um clube ligeiramente maior, assim tipo... FCPorto! E conheço vários portistas que pensam o mesmo...

Arbitragem
Não me parece que desta vez alguém se vá queixar ao Ministro, e é por estas e outras que a credibilidade vai pelo cano...
A SuperLiga é de facto uma paródia!

Monday, November 15, 2004

.
Jornada 10


SportingCP 6 – 1 Boavista

O Sporting fez ontem a sua melhor exibição esta época. JPacheco fez o favor de espicaçar os jogadores, e estes responderam com 6 quedas na área do pelado. Liedson terá mesmo pensado –Toma lá no c..., Pacheco!
O Sporting, bem distribuido no terreno, com as vantagens evidentes de um lateral direito que sabe atacar, com um Carlos Martins em boa forma, e essencialmente com um Douala endiabrado e com uma eficácia considerável, triturou um pobre Boavista, a léguas do que já fez esta época. Só ontem sofreu tantos golos como em todos os outros jogos...
Mesmo assim à que não embandeirar em arco, pois as debilidades do Dragão não desapareceram! Não foram bestas na passada 2ªf, e não são hoje bestiais!
Vamos ver se em Aveiro se mantém o nível exibicional, se Pinilla volta a mostrar ser alternativa, e se Roca passa a jogar mais como fez na 2ªparte...

A figura – Custódio

Quase todas as publicações deram a Carlos Martins o título de melhor em campo. Aceita-se, como se aceitaria que fosse Douala, mas para mim a referência foi Custódio. Este é, para mim, o jogador de futuro do Sporting! Que grande jogo fez Custódio, a defender, a atacar, e essencialmente a organizar! E coroou a sua exibição com um golo de classe...



Marítimo 1 – 1 SLBenfica

O SLBenfica conseguiu empatar nos Barreiros, num resultado que me parece positivo para os encarnados. Não será fácil a ninguém vencer na Madeira, e este Benfica continua a mostrar debelidades mais que evidentes. Amoreirinha é um lateral ‘à Sporting’... Argel mete dó, e Sokota ‘pé de chumbo’ está a pedir para não lhe renovarem o contrato. E Karadas dá tudo em campo, mas tem pouco para dar...

A figura – Manduca e Simão

Manduca tem sido uma boa surpresa nos insulares. Rápido, de boa técnica, com qualidade nos cruzamentos, pode estar aqui um bom extremo para os grandes... Eu conheço uma equipa que joga de verde e não tem nenhum extremo com esta qualidade...
Simão é cada vez mais o abono de família desta equipa encarnada. Com Petit em grande, mas nas tarefas defensivas, e com Miguel no estaleiro, o Benfica é ‘Simão e os outros!’. Golaço de livre directo!



Gil Vicente 0 – 2 FCPorto

O FCPorto assumiu a liderança (inevitável...) com uma exibição à campeão, ou seja, jogou pouco, mal, mas jogou melhor que o adversário, e quando o coletivo não funcionou, lá apareceu o génio individual de uma das estrelas da companhia. Grande golo do cigano...

A figura – Quaresma

Há quem não goste de um jogador que faz mais dribles do que passes. Eu acho que há sempre lugar para um mágico no 11 que está em campo. Quaresma pode ser pouco compatível com Digeo e Carlos Alberto, mas sozinho em campo, é a beleza do jogo azul e branco. E o golo que marcou foi uma pedrada no charco num jogo muito fraquinho...




Nos restantes jogos, destaque para a vitória da Académica, frente a um rival na descida, e para o continuar da ‘cavalgada’ do Setúbal. Teremos candidato à Europa?


A arbitragem
Voltou a não ser fácil a vida dos árbitros portugueses! Lucílio estendeu a vitória ao Belenenses de forma incrível, na pior exibição da jornada.
Em Alvalade ficou por marcar um penalty sobre Flores (valeu que já se ia no 4-0...), em Barcelos houve contacto entre Nuno e Paulo Costa (mas aqui as regras não são bem as mesmas!), e na Madeira Karadas ‘ganhou’ uma falta cirúrgica para Simão. Será que se fosse dentro da área o árbitro marcaria penalty? Duvido... Mas realço que não me lembro de ter visto Bruno Paixão a arbitrar tão bem...
Como foram os grandes a serem beneficiados, não haverá grandes polémicas esta semana...

Saturday, November 13, 2004

.

Rasteira!


Comunicado da SAD do Sporting:


“O FC Porto esteve 226 dias para saldar parcialmente uma dívida de
bilhetes ao Sporting e nem por isso o Sporting insultou o clube
nortenho”


Quem será o cromo que anda na área jurídica, ou fiscal, do FCPorto, que se saiu com a ideia brilhante do insulto por dívidas?

Que Pinto da Costa dedique mais tempo a Carolina Salgado, percebe-se... agora que já se deixe levar por indicações levianas de quem não tem a sua qualidade, na gestão do FCPorto, estranha-se!

Friday, November 12, 2004

Toda a verdade!

Afinal sempre se veio a saber o que o senhor Mourinho andou a escrever à mulher do Hiper Dragão.

Não restam dúvidas que para além de um grande candidato a melhor treinador do Mundo, temos homem para Nobel da Literatura!

Está tudo aqui!


Saudações


Thursday, November 11, 2004

.
Vai tomar no c...!

Terá sido esta a frase que Rochemback proferiu a caminho do banco de suplentes, aquando da sua substituição no último clássico.
Parece-me claro que Roca não deveria ter proferido tais palavras. Parece-me claro que dissociar estas palavras do contexto, ou extrai-las do momento só pode ser um acto de má fé. Acredito que Roca não tivesse concordado com a substituição de Peseiro, acredito que tivesse desabafado no momento, mas não acredito que Roca tenha algo contra o treinador do Sporting, até porque seria o último jogador do plantel a poder ter!
Desde o início que Peseiro tem moldado a equipa à procura de um patrão de jogo, alguém fundamental no miolo que carregue a equipa às costas, alguém que não precisando de ser um virtuoso (como seria Viana), ou um lançador nato (como seria Martins), seja um nº10 com força, com presença, com capacidade de remate, com futebol vertical, e com garra para arrastar a equipa. E esse patrão é sem dúvida Rochemback. E o seu lugar foi religiosamente guardado durante os 5 primeiros jogos, na minha opinião contra o rendimento global da equipa. E à primeira oportunidade o lugar foi concedido a Roca, mesmo quando o jogador eestava pesado, sem ritmo e sem 90 min nas pernas!
Nenhum jogador tem sido tão protegido no plantel como Roca.

A reacção de Peseiro ao incidente, na minha opinião, foi óptima. Tudo se deve e vai resolver rapida e internamente.
O resto deixa-se para os jornais ávidos de escandaleiras, quiçá tristes porque no clássico ganhou quem mais mereceu, não houve confrontos entre adeptos, os dirigentes não se insultaram e o árbitro marcou todos os golos que de facto entraram na baliza!

Já aquando do Porto – PSG, Benny ao chegar ao banco, depois de substituido aos 60 min atirou a casaca do fato-de-treino com força contra o mesmo banco. Mostrou-se descontente com a substituição. O que queriam os jornalistas? Que o jogador da equipa em melhor momento, atacante substituido com 0 – 0, ficasse contente com a situação? Ou que se mostrasse descontente só ao chegar a casa?

Não me parece relevante para o caso, mas pareceu-me correcta a troca de Rochemback. E claro que o jogador deve ser punido financeiramente por comportamento incorrecto.

Tuesday, November 09, 2004

.

FCPorto 3 – 0 SportingCP


Vitória justa e sem grande discussão esta, onde foi possível confirmar todas as deficiências do plantel sportinguista (laterais e pontas de lança...), e onde mais uma vez se provou que as crises acabam no dia em que se ganha!

Os jogadores do FCPorto estiveram motivados, e depois do primeiro golo mostraram qualidade mais que suficiente para não dar hipóteses de reviravolta.

Quanto ao resultado, pouco importa se foi muito ou pouco pesado, pois se é uma verdade que foi conseguido perto do final, também é verdade que durante todo o jogo as melhores oportunidades foram do FCPorto, e não fora Ricardo e o resultado ter-se-ia avolumado mais cedo.

No Sporting continua a ser latente a pouca valia dos laterais, um adaptado e outro fora de forma, e a falta de peso no ataque. Como é possível alguém se querer dizer candidato ao título sem conseguir jogar com um ponta de lança e entregar o ataque ao pequeno, embora esforçado, Liedson?


A arbitragem

Não foi boa mas terá sido até melhor do que eu pensava. Os dois lados têm razões de queixa, como acontece em qualquer jogo, e é sempre relativo dizer-se como poderia ou não ter sido o jogo se o árbitro estivesse estado melhor, mas a justiça no que se viu é inolvidável.
O árbitro não viu (ou não quis ver!) agressão de Maniche a Rogério e levou sempre ao colo Jorge Costa (que mais uma vez ‘acompanhou’ o árbitro às cabinas...)! Perdoou amarelo a Seitaridis bem cedo (veria o amarelo aos 75min), e o fiscal de linha equivocou-se numa ‘mão’ de Beto, onde quem levou a bola com a mão foi Benny, e voltou a errar ao não mostrar segundo amarelo, uma vez que considerou falta!
Por outro lado, optou por não marcar penalty sobre Quaresma, e não marcou obstrução no lance do primeiro golo portista (quanto a mim, fora da pequena área, não houve razão para falta!), tendo o fiscal de linha errado claramente em lance onde Derlei se isolaria pela ala direita podendo criar perigo.

É fácil ver que a arbitragem não está melhor que o futebol que por cá se pratica...


Saudações

Monday, November 08, 2004

.
O sistema está de volta!

Tinha que ser! Dias antes do clássico aí está o ‘sistema’ de volta.

A suspensão de Fernandez é a prova de que o clássico não será justo! Agora só faltava que arranjassem também um castigo para o Ricardo Costa e outro para o Bosingwa, ou que lesionassem de propósito o Hugo Leal...
Quero ver se ao menos dão um telemóvel ao treinador espanhol, para pelo menos ser ele a continuar a dar as instruções!


Saudações!

Sunday, November 07, 2004

.
SLBenfica 4 – 0 V. Setúbal


Está encontrado o campeão nacional.
Grande jogo, grande vitória, grande resultado, grandes jogadores, grande público e grande Robinho!
Agora só falta fazer o frete dos 25 jogos que ainda faltam...

O mau jogo frente ao FCPorto foi culpa do Olegário, a exibição pálida de Barcelos foi sem querer e frente ao Estugarda o Benfica poupou-se estrategicamente!

Em resumo, o Benfica de Petit é bem melhor, e tem o aliciante de não jogar com Paulo Almeida, o que é um claro handicap para os adversários.
Já o Setúbal não joga mal, é um facto, mas com tanto golo falhado não vai longe. E Jorginho não reagiu bem à pressão, o que se entende. Mas não acredito sequer que este Setúbal chegue a uma posição europeia...

.
O caso da semana

Depois da contestação das claques à exibição sportinguista em Vila do Conde muito se disse e escreveu sobre a situação, e essencialmente sobre a resposta verbal do Presidente Dias da Cunha, apelidando de energúmenos os vários adeptos, que segundo ele, não representavam o grosso da massa adepta do Sporting.
Eu próprio, que me considero um contestatário claro, embora também critique, e até assobie jamais me reveria em situações de insulto gratuito à minha equipa de futebol!

Ora bem, no passado fim de semana, na Madeira, a situação tomou contornos quase surreais! Da crítica forte e palavreado feio de Vila do Conde (principalmente contra a SAD e Presidente do Sporting...) passou-se a uma critíca feroz contra jogadores do FCPorto, depois de empate amargo na Choupana!
No cais de embarque do aeroporto, com a conivência das forças de segurança, pública (inexistente) e privada (passiva!), vários jogadores azuis foram confrontados por líderes e membros da claque SuperDragões! Chegou mesmo a haver garrafas pelo ar, empurrões, cuspidelas, e muitos insultos, de parte a parte. O clima continuou no avião, e prolongou-se até à Boavista, já no dia seguinte...
Esta situação terceiro mundista, quiçá surreal, verifica-se com a melhor equipa nacional dos últimos anos, que há 4 meses atrás foi brilhantemente campeã europeia! Os jogadores mais visados têm sido Derlei (depois de uma época fabulosa, e contributo decisivo para a caminhada triunfal!), Seitaridis (proclamado aquando da contratação como o melhor defesa direito da Europa e actual campeão europeu de selecções...) e Carlos Alberto (o novo Deco!).
Pelo meio, Baía, a fazer a pior época de que me lembro, Jorge Costa, lento e condicionante, Pepe, claramente em brasas, Bosingwa, claramente limitado, Hugo Leal, uma nódoa, Postiga, a antítese de Postigol e Fabiano, o fabuloso, passam incólumes à crítica.
A verdade é que esta incoerência da claque não surpreende, uma vez que vem de pessoas sem cultura, desportiva, e de outra qualquer espécie, mas é alarmante perceber que os SuperDragões gozam de um estatuto de intocáveis pela SAD azul e branca, em especial de Reinaldo Teles, braço direito de Pinto da Costa!
Qualquer dia teremos um ‘Macaco’ a candidatar-se a sucessor de Pinto da Costa nos destinos do FCPorto, e os jogadores azuis a receber salários em chibatadas... eles que ´só´ foram campeões europeus e encheram de orgulho não só a nação azul como toda a nação portuguesa!
E o que diz Pinto da Costa? Nada, porque ninguém lhe faz perguntas...

Friday, November 05, 2004

.
Banhada!

Nunca vi o Sporting ganhar em Alvalde por tão grande resultado. Não me espanta, uma vez que só há poucos anos comecei a visitar o estádio com mais frequência, e normalmente fazia-o nos grandes jogos, em especial nos europeus.
Mesmo assim vim embora pouco convencido com a exibição do Sporting. Ganhou-se e bem, é certo, mas ganhou-se a uma equipa sem expressão, sem experiência e sem qualidade! Em Alvalade brincou-se com a expressão: ‘Estes gregos são piores que o PSG!’
Nos 400 km do regresso a casa fui pensando no que poderá acontecer no Dragão. Não estou muito confiante, mas se o FCPorto jogar como tem sido habitual, aposto que o resultado não andará muito longe de um 0 – 0.

No jogo de ontem o Sporting bateu todos os records de passes certos! Comecei a contá-los aos 15min e perdi-me quando já ia nos 357000 passes certos! Fez-me lembrar o Barça de Cruyff, mas sem ideias no ataque, quiçá sem Romário e Stoichkov...
Sem ninguém para quem cruzar uma bola, sem grandes arranques no último terço, o Sporting é uma escolinha de samba! O segundo golo é um exemplo de como ‘entrar coma bola pela baliza dentro’, mas não acontece todos os dias!
Então o golo do Viana menos ainda!
Peseiro perdeu a hipótese de ‘rodar’ Pinilla, mas tem razão ao dizer que este autocarro-gigante grego, à frente da baliza foi um exagero! E repare-se que estes gregos estiveram, no total, 6 minutos empatados...

O momento 36min

Rogério levou a bola no bolso, trocou com Roca e ofereceu de bandeja a Douala. Este, depois de pedir por favor, rematou colocado e fez golo. Os ânimos ficaram serenados, menos mal!


A figuraHugo Viana

Mais um bom jogo do miúdo, que afinal não terá desaprendido de jogar em Newcastle. O Sporting agradece, e um novo SL 55 comprar-se-á sem problemas...

Thursday, November 04, 2004

.
O melhor da Europa


Um dos blogs de futebol que visito com alguma frequência é o da ‘pequena’ Margarida, simplesmente porque gosto de ler quem escreve tolhido pela paixão!

A Margarida é adepta do FCPorto (nem todos somos perfeitos!), e idolatra Vítor Baía. Recorrentemente afirma que Baía é o melhor guardião da Europa, e fá-lo com o coração, o que é um acto louvável. Acredito até que considere Baía melhor que Ricardo, que começa a ser uma luta estapafurdia entre azuis e verdes, e algo de que discordo veemente, mas mais uma vez ontem uma jornada da Champions mostrou claramente que Baía está longe de ser o melhor...

Estou a falar-vos da exibição memorável de Gianluigi Buffon, guardião da Juventus, frente ao Bayern de Munique. Aquele tipo é fabuloso! Vale a pena ver o jogo só para observar as várias defesas fenomenais do italiano!
Não foi uma exibição tão boa como a conseguida frente ao Brescia há 4 anos, mas andou lá perto!
O rapaz é muito melhor que Casillas ou Cech, quanto mais Ricardo ou Baía...

Saudações!

.
FCPorto 0 – 0 Paris Saint-Germain


Mais uma exebição muito pobre do FCPorto para a Champions.
Foi tudo tão mau, perante um adversário bem pior ainda, que até me é difícil explicar o que se passou.
O FCPorto foi e é melhor que o PSG, disso não há dúvidas. Durante os 90min foi a única equipa que quis ganhar, mas mostrou total inoperância para tal. Pelo meio voltou a ver-se o dedo indicador de Fernandez...
As poupanças nas substituições (será receio do SCP!?!?!), e consequente saída de dois dos melhores jogadores azuis, e as entradas de Carlos Alberto (faz mais dribles que passes por jogo...) e Hugo Almeida (zero ataques, zero cabeceamentos, zero remates!) foram a gota de água para os já de si descontentes adeptos azuis!
Pelo meio salvou-se Baía, que mesmo podendo dormir em quase todo o jogo respondeu à altura nos dois momentos em que teve de intervir.
A arbitragem imitou os jogadores! Penalty claro sobre Derlei (tudo poderia ter sido bem diferente!), beneficios claros do infractor para os dois lados, foras-de-jogo de posição pessimamente julgados e para acabar em beleza, o jogo terminou com dois parisienses isolados...
Agora o FCPorto terá que correr atrás do prejuizo, num grupo onde apenas o Chelsea lhe é superior! Triste sina a habitual dos portugueses na Europa (...que Mourinho espantou!...).

No final pode concluir-se que o apuramento é difícil, mas está longe de ser impossível, senão vejámos:
- o pior Chelsea derrotará o melhor PSG em Londres. A somar a isto, uma vitória do FCPorto em Moscovo dá aos azuis o segundo lugar...
- vencer em casa o Chelsea não será fácil, e Mourinho não facilitará a vida aos SD, mas até o empate no Dragão poderá servir, se em França se registar um empate! (contando com a vitória na Rússia, claro!)

Nada está pois perdido, mas o grande problema é conseguir imaginar que este Porto vencerá quem quer que seja. Pelo menos a jogar assim, só com a fortuna dos Deuses...


Muito mal

A atitude que Maniche e Postiga tiveram a 7 ou 8min do final é muito feia. Dizer-se que não tiveram fair-play é pouco para uma atitude manifestamente infeliz que não promove o bem nome do FCPorto na Europa. Com sorte o lance não deu golo e o jogo não e resolveu dessa maneira, caso contrário teríamos o FCPorto nas manchetes europeias pelas piores razões.
E nem a pressão dos adeptos, imprensa, SAD e os proveitos desportivos e financeiros podem justificar o esfumar sem escrúpulos do Fair-Play!

Tuesday, November 02, 2004

.

Semana europeia


Começa hoje, no Dragão, mais uma semana difícil na Europa.
Honestamente penso que vai começar bem para as hostes portuguesas. O FCPorto está psicologicamente em baixo, mas este frágil PSG, sem Rothen e Reinaldo, poderá pagar a factura! A ver vamos como reage a massa associativa azul e branca aos incendiários que proliferam na ‘sua’ claque, mas não se devem esquecer que a equipa precisa de quem os apoie, e não de quem os assobie!

Na 5ªfeira o Benfica terá na Alemanha o mais difícil jogo da fase de grupos. O problema da possível derrota não estará no mais que provável apuramento, mas essencialmente no factor psicológico para a recepção ao líder Setúbal. A má forma doa alemães, evidenciada pelas duas derrotas consecutivas na Bundesliga, poderá ajudar os encarnados, mas as ausências de Miguel e Petit, a juntar às presenças de Argel, PAlmeida e Fyssas nos convocados deverá complicar a vida aos encarnados.

Também na 5ªfeira regressarei ao AlvaladeXXI (depois da visita do Rapid!), para ver pela primeira vez ao vivo uma equipa grega! Os rapazes são o Panionios, mais legível que GençlerBirligi, mas igualmente desconhecidos! Uma vitória a começar será primordial, e penso que neste momento o Sporting tem todas as condições para a conseguir...

.
Jornada 8


Gil Vicente 1 – 1 SLBenfica

Os encarnados voltaram a não convencer, desta feita frente ao último classificado da SuperLiga, e até perderam pontos.
No final, muitas conclusões podem e devem ser tiradas – Paulo Almeida não teria lugar no Gil, Trapattoni não é defensivo, é ultra-defensivo, e Miguel e Petit são insubstituíveis, sendo que Simão não resolve tudo sozinho...
Mas pelo sim pelo não, o Benfica continua primeiro, e isso até poderá ser o mais importante!


Nacional 2 – 2 FCPorto

Posso começar a tornar-me repetitivo, mas o FCPorto de Mourinho, para mim, está morto e enterrado!
É indiscutivel que o Porto tem bons jogadores, mais do que uma solução válida em várias posições, mas a displicência que às vezes demonstra chega a surpreender!
Lá mais para o final da semana falarei sobre as primeiras 8 jornadas dos 3 grandes, mas de facto o FCPorto tem sido a grande desilusão desta temporada!
O empate na Madeira, com sabor amargo a derrota (a esta altura já seria líder!), poderá ainda trazer mais complicações hoje mesmo frente a uns vulgares franceses, mas oxalá o FCPorto europeu se recomponha e mostre a esses ‘avec’s’ que há muito deixámos de ser coitadinhos na Europa do futebol...


Penafiel 0 – 3 SportingCP

Jogo positivo do Sporting, que sem muitos alaridos está a melhorar a olhos vistos (piorar seria impossível!) e conta com 3 vitórias nos últimos 3 jogos, mais uma vitória para a Taça (12 golos marcados nos últimos 4 jogos, e apenas dois sofridos...).
A música com Rochemback é outra, mas o maior acerto defensivo da equipa, aliada a um Ricardo em excelente forma, e a um novo Hugo Viana, têm permitido ao Sporting mostrar uma surpresa (Douala!) e confirmar o melhor atacante da SuperLiga – Liedson! Pelo menos até o Fabuloso encontrar o caminho para as redes...


Arbitragens

Voltou a não ser famoso o fim de semana na SuperLiga (alguma vez foi?).
Em Penafiel os fiscais de linha erraram várias vezes, para os dois lados, e com 0 – 0 a bola chegou a entrar na baliza do Sporting, tendo sido anulada por pretenso fora de jogo, erradamente.
Também na Madeira o primeiro golo azul é conseguido com a ajuda do ‘não-desvio’ de Derlei, com a agravante de neste lance derlei ter estado em fora de jogo desde a marcação da falta de Diego (o árbitro auxiliar aos 60 seg. Ainda não tinha acordado... )!
No Gil, Fyssas poderia e deveria ter sido expulso mais cedo (acabou por sê-lo de forma ridícula...), e também Paulo Almeida, ao travar Júlio César que se isolava, poderia ter ido mais cedo para o balneário, em lance que precederia o golo encarnado. A verdade é que a não-expulsão até prejudica o Benfica, uma vez que PAlmeida poderá voltar a jogar no próximo domingo...
Um reparo à atitude de fair-play de Carlos Brito, que ‘obrigou’ Nacimento a pôr a bola fora em livre perigosíssimo que favorecia o Rio Ave! Em grande...